Nossa Paróquia

•   Nossa história
•   Matriz
•   Com. N. Sra Conceição

Canais

•   Capela virtual
•   Campanha do m2
•   Notícias
•   Os sacramentos
•   Orações
•   Fé e política
•   Testemunhos
•   Galeria de imagens
•   Agenda de eventos
•   Links
•   Como chegar
•   Contato

A voz da Sagrada Família

A voz da Sagrada Família

Liturgia diária

COMUM
Jr 18,1-6
Sl 146(145)
Mt 13,47-53
Evangelho comentado

Santo do dia


-

Nossa história


História da Paróquia

Foi no dia 18 de fevereiro de 1964 que a Arquidiocese de São Paulo elevou a capela da Sagrada Família da Vila Praia em uma nova Paróquia, conforme o decreto assinado pelo arcebispo cardeal Carlos Carmelo de Vasconcellos Motta.

Pelo documento o território da nova Paróquia é fruto do desmembramento das Paróquias Nossa Senhora de Montevirgem e São Luís Gonzaga, da Vila Sant’Ana, de Nossa Senhora Aparecida da Vila Ponte Rasa e de João Judas Tadeu, do Jardim Penha.

O decreto instituiu assim as divisas da Paróquia Sagrada Família: Com a Paróquia de Nossa Senhora de Montevirgem e São Luís Gonzaga, de Vila Sant’Ana: Partindo do ponto de interseção da Avenida Amador Bueno da Veiga com o Ribeirão Franquinho, descem por este até atingirem a ponte da Estrada de São Miguel, continuando por esta até a Rua Corubixá e daí pelo córrego que divide Vila Caçula da Vila Brasil até atingirem a Estrada de Cangaíba. Nota: A Vila Caçula fica pertencente a Paróquia de Nossa Senhora de Montevirgem e São Luís Gonzaga, de Vila Sant’Ana. Com a Paróquia de Santo Onofre, de Engenheiro Goulart – Ao ponto onde a Estrada do Cangaíba fronteia o Córrego que divide a Vila Caçula da Vila Brasil, seguem pela Estrada do Cangaíba até o córrego do açude. Com a Paróquia de São Judas Tadeu do Jardim Penha: Do ponto em que a Estrada de Cangaíba fonteia a nascente do Córrego do Açude, seguem pela mencionada Estrada do Cangaíba até uma Rua Nova (sem nome) pela qual seguem até a Rua Isabel, que vem de Vila São Jorge. Seguindo à direita atingem um córrego pelo qual seguem até a Curva da Morte, na Estrada de São Miguel.  – Com a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, da Vila Ponte Rasa: Do ponto onde terminam os limites com a Paróquia de São Judas Tadeu, do Jardim Penha, na Curva da Morte da Estrada de São Miguel, seguem pela rua dos Cravos, pela Rua “A” e Rua “J” até encontrar com a Rua “F” paralela ao córrego Franquinho. Com a Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, da Vila Granada: Do ponto onde a interseção das Ruas “F” e “J” atinge o córrego Franquinho, descem por este até alcançarem a Avenida Amador Bueno da Veiga, onde tiveram início estes limites. Nota: Vila Constança fica pertencendo à Paróquia de São Judas Tadeu, do Jardim Penha. O Jardim Gonzaga e a Rua Particular Nº 2 ficam pertencendo à Paróquia da Sagrada Família da Vila Praia.

Naquela época, a Paróquia pertencia a Arquidiocese de São Paulo e até se transformar em matriz,  ainda 1961 a capela era administrada pelo padre Elias Cury.

Passados quatro anos, em 1964, ele foi substituído por Júlio Campo Canteiro, que foi responsável pela primeira reforma no templo. Ele fundou as comunidades Vila Libanesa e Nossa Senhora da Conceição. Durante sua permanência na paróquia foi doado o terreno e ele iniciou as obras do Centro Social João 23. Após oito anos, ele foi transferido para outra paróquia. Faleceu na Espanha em 1994.

            Em 1972, o padre Rafael de Jöng assumiu a Sagrada Família. Ele deu sequências as obras na igreja e fundou as comunidades Nossa Senhora do Brasil e São José, que em 1997 tornou-se paróquia. No final dos anos 70, ele criou um informativo chamado “Mãos a obra”. Com problemas de saúde foi afastado e voltou para Holambra, sede de sua congregação (assuncionistas), onde faleceu em abril de 1997.

Durante o ano de 1983, dois sacerdotes estiveram na paróquia. O primeiro foi padre Walter, em maio, e depois frei Severino, em agosto, quando ficou apenas um mês. Em setembro deste mesmo ano foi designado, o padre Manoel José de Godoy que permaneceu um ano.

Já em outubro de 1984 esteve na paróquia Valdir Viana, que esteve interinamente na comunidade até a nomeação do padre Carlos Pereira em dezembro deste mesmo ano. Pereira foi o responsável pela construção das salas de catequese e ficou conhecido pelo carisma junto aos jovens.

Em dezembro de 1987, o sacerdote Paulo Strauss assumiu interinamente antes da chegada de Jair Coronado de Lima, em janeiro de 1988, sacerdote que permaneceu maior tempo na paróquia, por 12 anos. Ele reformou o presbitério, sacristia e secretaria. Construiu a torre e mais salas e banheiros no nível superior da igreja. Após exercer o cargo de vigário episcopal foi transferido para a Paróquia Santa Rosa de Lima, também na Diocese.

Durante sua permanência na Paróquia a Arquidiocese de São Paulo foi desmembrada em 15 de março de 1989, com a publicação da Bula “Constat Metropolitanam Ecclesiam”, pelo papa João Paulo II, a Igreja da Vila Praia passou então pertencer a recém-criada Diocese de São Miguel Paulista.

Até a chegada do padre Paulo Saravia em 2000, que modernizou o templo e ficou conhecido pelas missas de cura e libertação que rezava. Em fevereiro de 2004 chegou Luciano Calado que inicialmente foi designado para ajudar Saraiva, mas permaneceu apenas cinco meses na comunidade.

Depois disso, o padre José Augusto esteve a frente da Igreja até 2009, quando chegaram padre Lício de Araújo Vale e o diácono Carlos Aberto Said, este último permaneceu por pouco tempo. Eles assumiram a Paróquia como interventores a pedido do bispo diocesano.

Posteriormente, dom Manuel Parrado Carral nomeou como vigário padre Israel Gomes, sacerdote recém-ordenado para trabalhar junto com padre Licio e permaneceu na Paróquia Sagrada Família um ano e meio, sendo transferido para a Paróquia Beato João XXIII.

Em agosto de 2011 tomou posse o novo vigário, o padre Roberto Eudes, que havia sido recém-ordenado e padre Licio de Araújo Vale como pároco da Paróquia Sagrada Família para um mandato de seis anos.  

 

 















Agenda

Horários de Missas

Comunidade N. Sra Conceição
Todo dia 8 missa de N.Sra Conceição as 19:30.
•    Quintas: 19:30.
•    Sábados: 19:30.
•    Domingos: 9:00.

Matriz
•    Segundas: Missa das almas 20:00.
•    Sextas: Missa Apostolado 08:00.
•    Domingos: 7:30, 10:30 e 18:30

Enquete


Erro You have an error in your SQL syntax; check the manual that corresponds to your MySQL server version for the right syntax to use near 'and chflagativo = 'S'' at line 3